Alemanha passa a permitir símbolos nazis em videojogos

| Mundo

Os símbolos nazis eram proibidos nos videojogos desde os anos 90
|

A Alemanha vai deixar de censurar os símbolos nazis nos videojogos. Estes símbolos, proibidos no país, eram apenas permitidos em obras de arte, como no caso dos filmes.

A saudação e a suástica nazis, bem como bigode de Hitler, vão poder figurar em videojogos vendidos na Alemanha. A medida, anunciada na quinta-feira, surge num país onde todos os símbolos nazis são proibidos, uma realidade que também abrangia os videojogos desde os anos 90.

Tendo em conta a proibição, qualquer jogo que possuísse esses símbolos ficaria sem a obrigatória classificação etária, não podendo assim ser vendido. Por esta razão, a versão alemã de determinados jogos substituía os símbolos nazis por outros.

Foi o caso do jogo Wolfenstein II: The New Colossus, que situa o jogador numa realidade alternativa em que a Alemanha vence a II Guerra Mundial e Hitler ainda está vivo.


As alterações geraram alguma controvérsia, quer na Alemanha quer a nível mundial: as suásticas foram substituídas por símbolos triangulares e o bigode de Hitler foi totalmente apagado.
Lei sofre nova interpretação
Na Alemanha os símbolos nazis só podem ser utilizados caso sirvam propósitos artísticos ou científicos, como é o caso dos filmes, considerados como obras de arte. Os videojogos passam agora a usufruir da mesma exceção.

“Com a mudança de interpretação da lei, os jogos que abordam de forma crítica os assuntos internacionais podem receber uma classificação etária”, afirmou Elisabeth Secker, do A Entertainment Software Self-Regulation Body (USK), responsável pela classificação etária dos videojogos.

A nova interpretação da lei não significa, no entanto, que esta tenha sofrido alterações: a utilização de símbolos nazis que não sirvam propósitos artísticos ou científicos continua a ser proibida.

O Wolfenstein II: The New Colossus não foi o único jogo a passar pelo escrutínio da antiga medida. Jogos como o Call of Duty: Black Ops, South Park: The Stick of Truth e Indiana Jones and the Last Crusade também foram censurados.

Além da proibição de símbolos nazis, os jogos alemães são menos violentos quando comparados com os de outros países europeus, como é explicado pela BBC - as manchas de sangue são suavizadas, os corpos têm tendência a desaparecer e, algumas vezes, as personagens humanas são substituídas por robôs, por se acreditar que matar máquinas é menos violento. 

Tópicos:

nazi, símbolos, videojogos, Alemanha,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

        Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.