Ataque em França. Um morto e dois feridos, agressor "zangado com o que se passa em Gaza"

por RTP

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas, sábado à noite, num esfaqueamento, em Paris. Aconteceu no centro da cidade, perto da Torre Eiffel. A vítima mortal era um turista alemão.

O agressor, filho de pais iranianos mas de nacionalidade francesa, era conhecido das autoridades por comportamentos radicais. O atacante terá gritado "Deus é grande" antes de ser detido pela polícia, logo pouco depois do ataque.

Justificou os atos a dizer que "não suportava mais ver muçulmanos a morrer, tanto no Afeganistão como na Palestina". E acusou a França de ser "cúmplice do que Israel está a fazer".

As informações foram avançadas pelo ministro do Interior.
pub