Costa em 9º nas personalidades que podem mudar a Europa

| Mundo

|

O primeiro-ministro português figura no nono lugar nas figuras que podem mudar o seu país e a Europa em 2018, numa lista elaborada pelo site Politico. O líder do partido democrático livre da Alemanha (FDP), Christian Linder, surge em primeiro lugar.

A lista de 28 personalidades do site Politico foi elaborada depois de uma série de debates entre uma ampla rede do continente europeu, sugestões dos eleitos das últimas edições e dos próprios leitores.

Num ano em que a “política está de regresso à Europa”, segundo os editores do site de informação, oito das dez principais figuras são políticos que ocupam lugares de destaque.

O primeiro-ministro português aparece na nona posição porque segundo o Politico, “é uma coisa rara na Europa de hoje: um socialista de sucesso. Depois de alcançar uma vitória retumbante nas últimas eleições autárquicas, entra em 2018 com esperança de fazer ainda melhor”.



Em primeiro lugar da lista surge Christian Lindner, o líder do FDP que ocupa um lugar chave na política alemã à frente de um segmento conservador.

Na segunda posição está Michael Glove, o “cérebro” por trás do Brexit, que é atualmente o Secretário do Meio Ambiente do Reino Unido. A “mão de ferro de Macron”, o ministro francês do trabalho, Muriel Pénicaud, assume o terceiro lugar.

Mas os políticos não estão sozinhos na lista dos 28. Por exemplo, a jornalista de investigação eslovena, Anuska Delic, aparece em sexto lugar, o anfitrião da televisão austríaca, Armin Wolf, figura na 11ª posição e no mundo da cultura, o chef dinamarquês e dono do ilustre restaurante Noma, René Redzepi, ficou no 26.º lugar.

Tópicos:

Costa, Eleito, Europa, Nono, Politico, Políticos, Site, Lista,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.