Dados Contados: licenças com quotas para os pais na UE

Todos os países da União Europeia têm de assegurar, pelo menos, 4 meses de licença parental paga. A Suécia é o país mais generoso: tem quase dois anos de licença e aplica a chamada "quota do pai", uma das estratégias para combater a desigualdade salarial.


Carolina Marques (dados), Daniela Ferreira Pinto (jornalista), Pedro de Góis (imagem), Raquel Morão Lopes (jornalista), Rui Soares (pós-produção áudio).