Devastação na Beira deixa portugueses preocupados

por RTP

Alguns dos portugueses a residir na cidade da Beira queixam-se de falta de apoio e de informação por parte do Consulado Geral de Portugal na cidade, após a passagem do ciclone.

A impossibilidade de contactar com os familiares mas também o facto de não terem acesso às necessidades básicas para viver no estrangeiro, estão a preocupar muitos dos quase três mil portugueses que moram na capital da província moçambicana de Sofala.