Guterres sublinha urgência de reforma do Conselho de Segurança da ONU

por Antena 1

EPA

O secretário-geral das Nações Unidas considera urgente concretizar reformas profundas no Conselho de Segurança. António Guterres defendeu esta segunda-feira, na sessão de abertura de mais um Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas, que a falta de unidade deste órgão teve já consequências profundas, num momento delicado à escala mundial.

O secretário-geral da ONU criticou também o anúncio, por parte de Israel, de uma ofensiva de fundo em Rafah, na fronteira com o Egito.

Guterres sublinha que esse seria um prego no caixão dos programas de assistência humanitária das Nações Unidas.
Declarações de António Guterres, esta segunda-feira, em Genebra, na abertura da sessão número 55 do Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas, que vai decorrer até 5 de abril.
pub