Irão aumenta patrulhamento para advertir e punir mulheres que não usem véu islâmico

por RTP

Foto: Majid Asgaripour/WANA via Reuters

A polícia iraniana reforçou o patrulhamento das ruas para advertir e punir as mulheres que não usam véu islâmico. Quem desobedecer às ordens e não respeitar o código de vestuário, será encaminhado para o sistema judicial por patrulhas.

Um anúncio que acontece 10 meses depois da morte de Mahsa Amini, de 22 anos, detida por esta mesma "polícia da moralidade" que a acusou de usar de forma inadequada este véu.

A morte de jovem iraniana curda desencadeou um movimento com manifestações em várias cidades em outubro e novembro.
pub