Maioria dos migrantes que chegam à Europa são refugiados

por Frederico Moreno

Foto: Alexandros Avramidis /Reuters

O porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados defende que os milhares de pessoas que estão a chegar à Europa não são meros migrantes.

Em declarações à Antena 1, William Spindler garante que mais de 90 por cento das pessoas que chegam de forma clandestina têm como único objetivo fugir da guerra.

Mais de 70 por cento são oriundos da Síria, 14 por cento do Afeganistão, e muitos outros fogem dos conflitos no Iraque.

O responsável argumenta que é importante prestar apoio aos refugiados antes de chegarem de forma ilegal à Europa. A maioria dos refugiados sírios ainda está nos países vizinhos, nomeadamente Turquia, Líbano, Jordânia e Egito.

(com Sandra Henriques)
pub