Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

por RTP
O empresário congolês publicou uma fotografia ao lado de Isabel dos Santos na sua página de Facebook, dia 14 de fevereiro de 2019 Sindika Dokolo Facebook

O empresário de origem congolesa tinha 48 anos. Morreu enquanto fazia mergulho no Dubai.

A notícia foi avançada por jornais da República Democrática do Congo, de onde Sindika Dokolo era natural. De acordo com familiares o mergulho era o seu desporto favorito.

Outras fontes angolanas indicaram que a causa da morte foi uma embolia.

O empresário e coleccionador de arte, filho de um antigo banqueiro congolês, ficou conhecido sobretudo após o seu casamento com Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, em 2002.

Em janeiro de 2020, o caso 'Luanda Leaks', expôs alegados esquemas financeiros da empresária Isabel dos Santos e do marido, que lhes teriam permitido retirar dinheiro do erário público angolano através de paraísos fiscais.

Desde então estariam ambos a vver precisamente no Dubai.A empresária publicou na sua conta da rede Twitter uma fotografia sem qualquer descrição.

Sindika Dokolo já havia sido condenado a um ano de prisão em 2017 na RDC, por alegadas fraudes no ramo imobiliário. Na altura afirmou que a condenação tinha motivações políticas.

Entre os vários negócios que detinha, Dokolo era dono da joalheira de luxo De Grisogono, juntamente com a empresa estatal angolana Sodiam. A joalharia abriu falência depois da saída da Sodiam.
Tópicos
pub