"Nada deve ser excluído". Macron considera envio de tropas ocidentais, mas sublinha falta de consenso

por RTP

O presidente francês afirmou na segunda-feira em conferência de imprensa que "tudo é possível" no apoio a dar à Ucrânia para impedir a Rússia de vencer a guerra, sem excluir o envio futuro de tropas ocidentais.

"Faremos tudo o que for necessário para que a Rússia não possa vencer a guerra", prometeu. "Tudo é possível, para atingir este objetivo" acrescentou, sobre os apoios a dar a Kiev, incluindo os militares.

No entanto, Emmanuel Macron reconheceu que "não existe consenso atualmente para enviar de forma oficial, assumida e endossada, tropas terrestres".
pub