Navalny estaria prestes a ser libertado

por Antena 1

Nacho Doce - Reuters

A ativista anticorrupção Maria Pevchikh, colaboradora de Alexey Navalny, deu a conhecer que o opositor russo, que apareceu morto à uma semana e meia, estaria prestes a ser libertado numa troca de prisioneiros.

Num vídeo publicado no YouTube, Maria Pevchikh explica que estava a ser negociada a troca de Navalny e dois norte-americanos por um membro dos serviços de segurança russos, que está preso em Berlim.

Essas negociações estariam na fase final quando Navalny morreu.

A ativista anticorrupção russa não adiantou o nome dos dois norte-americanos em causa, mas é público que os Estados Unidos estão a tentar ter de volta o jornalista do Wall Street Journal Evan Gersh-kovich e o antigo membro da Marinha norte-americana Paul Whelan.

Segundo esta colaboradora da equipa de Navalny, o líder da oposição russa terá sido morto no dia 16 de fevereiro, porque o presidente russo Vladimir Putin não conseguia tolerar a ideia de que poderia vir a ser libertado.
pub