OMS volta a pedir cessar-fogo urgente na Faixa de Gaza

por Inês Martins - Antena 1

Reuters

Depois de uma noite de Natal violenta, a Organização Mundial da Saúde volta a fazer um alerta - é preciso parar o conflito para salvar pessoas e pede um cessar-fogo imediato. O diretor da organização escreve que a situação nos hospitais ficou muito complicada depois do ataque no campo de refugiados.

As Nações Unidas querem um cessar-fogo enquanto os hospitais não têm capacidade para tratar os feridos.
pub