Prémio Princesa de Astúrias distingue quatro especialistas em inteligência artificial

por Lusa

Os especialistas em inteligência artificial Geoffrey Hinton, Yann LeCun, Yoshua Bengio e Demis Hassabis foram distinguidos com o Prémio Princesa de Astúrias de Investigação Científica e Técnica 2022, anunciou hoje a organização.

Os quatro cientistas impulsionaram as redes neuronais artificiais, ferramentas baseadas em modelos matemáticos complexos que pretendem reproduzir o funcionamento do cérebro humano num computador e que se aplicam na robótica, em sistemas de segurança de veículos, assistentes de voz ou na tradução de idiomas.

Geoffrey Hinton (britânico), Yann LeCun (franco-americano) e Yoshua Bengio (canadiano) são considerados os "pais" de uma técnica essencial da inteligência artificial, a `deep learning` (aprendizagem profunda), na qual se baseia o uso de redes neuronais para o reconhecimento de voz, a visão por computador e o processamento da linguagem natural.

Demis Hassabis (britânico) é diretor-executivo e cofundador da DeepMind, uma das maiores empresas de investigação em inteligência artificial do mundo, com a qual criou um modelo de rede neuronal que combina as capacidades de uma rede neuronal artificial com a potência algorítmica de um computador programável.

Em 2021, a DeepMind, propriedade da gigante Google, conseguiu prever, com um grau de exatidão muito elevado, a estrutura de mais de 350 mil proteínas humanas (o equivalente a 44% de todas as proteínas conhecidas), tendo a informação sido colocada à disposição dos laboratórios através de uma base de dados.

Para o júri do prémio atribuído pela Fundação Princesa de Astúrias, uma instituição espanhola privada, o "impacto atual e futuro" do trabalho dos quatro galardoados "no progresso da sociedade pode ser qualificado como extraordinário".

O júri destacou, ainda, o "enorme avanço nas técnicas que vão desde o reconhecimento de voz e o processamento da linguagem natural até à perceção dos objetos".

A entrega do prémio, no valor de 50 mil euros, repartido em partes iguais pelos quatro distinguidos, será feita em outubro, na cidade espanhola de Oviedo.

Tópicos
pub