Sistema de asilo da União Europeia é disfuncional, alerta Guterres

por José Manuel Rosendo

Foto: Denis Balibouse, Reuters

António Guterres diz que o sistema de asilo da União Europeia é disfuncional. Fala mesmo em situação caótica, mas ainda assim a crise provocada pela chegada de milhares de refugiados pode ser gerida.

O Alto Comissário das Nações Unidas para os refugiados, António Guterres disse este domingo, a uma rádio francesa que esta vaga migratória de pessoas provenientes da Síria, Afeganistão e Iraque se encontra descontrolada e a Europa têm de agir depressa.

Guterres lembrou que depois da Segunda Guerra Mundial, 200 mil refugiados húngaros receberam ajuda das Nações Unidas e agora a Europa poderá de ter de recorrer ao mesmo sistema.

Nesta entrevista Guterres explica que o objectivo é receber e depois distribuir estas pessoas. A Europa já o fez noutros tempos e pode voltar a fazê-lo.

Entre deslocados e refugiados os conflitos afectavam 11 mil pessoas por dia em 2010.
Em cada dia de 2014, mais de 42 mil pessoas passaram a refugiadas ou deslocadas devido aos conflitos armados.
pub