Tribunal Europeu conclui que Junqueras tem direito à imunidade de eurodeputado

por RTP

Em Espanha, duas decisões conhecidas esta quinta-feira podem complicar ainda mais a formação de um novo Governo presidido por Pedro Sánchez.

O Tribunal de Justiça da União Europeia estabeleceu que Oriol Junqueras, o líder do Esquerda Republicana da Catalunha, tem imunidade parlamentar, por ter sido eleito eurodeputado em maio, tal como Carles Puigdemont.

A 26 de maio, Junqueras estava detido preventivamente há mais de um ano e meio e ainda não tinha sido condenado a 13 anos de prisão e inabilitação de cargos públicos por sedição e peculato.

Esta manhã, o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha condenou também o Presidente da região a um ano e meio de inabilitação e ao pagamento de uma multa de 30 mil euros.

Quim Torra é condenado por desobediência, por não ter retirado da sede de Governo um cartaz e laços amarelos a favor da libertação dos políticos detidos, durante a campanha eleitoral de abril.
pub