70% dos sobreviventes de AVC agudo não têm acesso a reabilitação intensiva

por Isabel Cunha - Antena 1

Foto: António Antunes - RTP

É o que revela um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto. Os investigadores concluíram que as respostas até existem dentro do SNS mas não chegam aos doentes.

Os autores do estudo perceberam que os apoios para reabilitação intensiva estão fragmentados. Perante isto, defendem a organização das respostas que já existem e ainda que a Via verde AVC seja prolongada até seis meses após o episódio.

As conclusões deste estudo já foram encaminhadas para a direção executiva do SNS. Os autores do estudo vão também enviar o documento à nova ministra da Saúde, Ana Paula Martins.
pub