Dez mil trabalhadores ilegais no Alqueva só em 2017

por RTP

Só no ano passado podem ter passado pelo campos do Baixo Alentejo cerca de dez mil trabalhadores imigrantes. A mão de obra na agricultura em redor de Alqueva vem da Ásia, da Europa de Leste e de África.

Com os processos de legalização parados em Portugal, grande parte dos trabalhadores continuam em situação ilegal.