Direito a sanitários públicos em Lisboa mobiliza cidadãos

por Arlinda Brandão - Antena 1

Fotos: Arlinda Brandão - Antena 1

Há uma vaga de contestação em Lisboa por causa da falta de casas de banho públicas. A Câmara de Lisboa está a fazer um levantamento das instalações sanitárias existentes na cidade, as quais são geridas por diferentes entidades.

À Antena 1 a autarquia garante que vai em breve avançar com a instalação de mais 75 equipamentos, 8 deles para pessoas com mobilidade reduzida através de um contrato de concessão.

A sua utilização vai ter um custo de 10 cêntimos e a câmara justifica que casas-de-banho de utilização gratuita são rapidamente vandalizadas e utilizadas para outros fins.

Têm acontecido nas últimas semanas vários protestos e ações simbólicas do coletivo "Infraestrura Pública". Este movimento de cidadãos diz que está dificil encontrar uma casa de banho pública em condições em Lisboa. Muitas são a pagar em contentores e há outras inoperacionais.

A repórter Arlinda Brandão foi para o Parque da Alameda em Lisboa ouvir as queixas sobre esta situação.



pub