Emigrantes ainda sentem preconceito em França

| País
Emigrantes ainda sentem preconceito em França

A ver: Emigrantes ainda sentem preconceito em França

Luís Castelo Branco é um dos muitos portugueses que emigraram para França. Confessa que ainda há preconceito em relação aos portugueses, mas adianta que isso está a mudar rapidamente. Considera que para isso contribuiu o sucesso da comunidade portuguesa e a abertura de Portugal que faz com que muitos franceses tornem Portugal a sua casa.

Luís considera, no entanto, que o país deve fazer um "mea culpa" em relação aos cidadãos que emigraram. "Nós às vezes não tratamos estes emigrantes como merecem ser tratados. Portugal deve imenso aos portugueses a esta comunidade que emigrou. Portugal deve imenso aos portugueses que foram em condições difíceis em França", realça.

Luís Castelo Branco defende que deveria haver um outro olhar para os portugueses que estão a trabalhar no estrangeiro, com mais atenção. O mesmo acontece com a Língua Portuguesa, considerando que o Português é talvez a língua menos defendida em França pela respetiva comunidade. A Língua "é um dos grandes desafios", realça.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.