Francisco George confirma 21 casos de sarampo em Portugal

| País
Francisco George confirma 21 casos de sarampo em Portugal

A ver: Francisco George confirma 21 casos de sarampo em Portugal

O responsável pela Direção-Geral da Saúde disse esta segunda-feira na RTP que o surto de sarampo que está a ter lugar em Portugal deve-se a bolsas de crianças que não se encontram vacinadas. São já 21 casos confirmados no nosso país, com 11 a merecerem investigação.

Francisco George explicou, em entrevista no 360, que Portugal está entre os países do mundo que tem maior taxa de vacinação, com 97 por cento das crianças imunizadas.

O foco deste surto epidémico deve-se, explicou George, a um grupo de crianças que não foi vacinada por opção dos pais. O responsável pela DGS afirmou ainda que a falta de vacinação permite a circulação do vírus.

Francisco George disse que a vacina não é imposta em Portugal e que tem um fundamento científico que prova que quem a toma fica imunizado e protegido contra o vírus.

A informação mais vista

+ Em Foco

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    João Guerreiro, presidente da comissão que elaborou o relatório sobre Pedrógão Grande, enumera responsabilidades "momentâneas" e "estruturais".

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.