Francisco George confirma 21 casos de sarampo em Portugal

| País
Francisco George confirma 21 casos de sarampo em Portugal

A ver: Francisco George confirma 21 casos de sarampo em Portugal

O responsável pela Direção-Geral da Saúde disse esta segunda-feira na RTP que o surto de sarampo que está a ter lugar em Portugal deve-se a bolsas de crianças que não se encontram vacinadas. São já 21 casos confirmados no nosso país, com 11 a merecerem investigação.

Francisco George explicou, em entrevista no 360, que Portugal está entre os países do mundo que tem maior taxa de vacinação, com 97 por cento das crianças imunizadas.

O foco deste surto epidémico deve-se, explicou George, a um grupo de crianças que não foi vacinada por opção dos pais. O responsável pela DGS afirmou ainda que a falta de vacinação permite a circulação do vírus.

Francisco George disse que a vacina não é imposta em Portugal e que tem um fundamento científico que prova que quem a toma fica imunizado e protegido contra o vírus.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, garantiu que enquanto tiver confiança do primeiro-ministro não vai sair do Executivo.

Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.