GNR decide novas ações de protesto

por Lusa
GNR e PSP podem voltar a juntar-se em protesto José Sena Goulão - Lusa

As cinco associações socioprofissionais da GNR vão reunir-se esta terça-feira para decidirem ações de protesto em conjunto contra o que consideram ser o tratamento desigual e a diferença de rendimentos em relação à Polícia Judiciária.

O presidente da Associação Nacional dos Sargentos da Guarda (ANSG), José Lopes, adiantou à Lusa que na reunião vão estar presentes as cincos associações socioprofissionais da Guarda Nacional Republicana.

José Lopes disse ainda que a reunião tem como objetivo concertar ações de luta em conjunto e que os protestos podem vir a realizar-se em conjunto com a PSP.

Em causa está uma decisão do Conselho de Ministros da semana passada em que foi aprovado o pagamento de um suplemento de missão para as carreiras da Polícia Judiciária, que, em alguns casos, pode representar um aumento de quase 700 euros por mês.

Na sequência desta medida, as estruturas da PSP e da GNR manifestaram indignação por este tratamento que dizem ser desigual e exigem um tratamento paritário.

pub