Lisboa e Vale do Tejo sem resposta para mulheres e grávidas

por RTP

Foto: João Marques - RTP

Agravam-se as dificuldades de assistências a mulheres e grávidas principalmente em Lisboa e Vale do Tejo. Até ao final deste mês, nove das 13 maternidades da região têm encerramentos intercalares. Na área pediátrica aplica-se a mesma solução. O modelo só será alterado a partir de maio e se houver médicos para reforçar o atendimento.

pub