Lisboa. Vários feridos em descarrilamento de elétrico

| País

O alerta foi dado às 18h09 e para o local foram destacadas oito viaturas com cerca de 30 operacionais
|

O descarrilamento de um elétrico no bairro da Lapa, em Lisboa, provocou esta sexta-feira 28 feridos ligeiros. A Carris já decidiu abrir um "inquérito minucioso".

Quando as equipas de resgate chegaram ao local, ao início da noite, havia várias pessoas encarceradas.

Os feridos foram reencaminhados para unidades de saúde de Lisboa, nomeadamente os hospitais de São Francisco Xavier, São José e Santa Maria.


A bordo do elétrico, que descarrilou no cruzamento entre a Rua de São Domingos à Lapa e a Rua Garcia da Orta, seguiam algumas crianças e pessoas de alguma idade.

Pouco depois das 20h00, as autoridades ainda aguardavam a chegada de uma grua para recolocar o elétrico nos carris, de forma a libertar a via e reabrir o trânsito.

Carris vai abrir inquérito 

A Carris vai abrir um "inquérito minucioso" para apurar as razões que levaram ao descarrilamento.

"Em relação à Carris o que estamos fazer neste momento, e já foi pedido, é fazer um inquérito minucioso para perceber quais as razões principais que levaram a este acidente", disse o presidente da empresa de transportes durante o balanço operacional feito no local do acidente.

Falando aos jornalistas, Tiago Farias afirmou que "a Carris lamenta profundamente o que aconteceu" e destacou que "a preocupação inicial foram as pessoas e todo o seu acompanhamento".

Questionado sobre testemunhos no local, que terão falado numa possível falha de travões do elétrico, o responsável foi taxativo: "Isso terá de ser feito em sede do próprio inquérito que iremos fazer com a máxima urgência".

"Como digo, é através de um inquérito minucioso e detalhado que a Carris irá averiguar o que pode ter sido a causa do acidente. A preocupação neste momento são as pessoas", insistiu.

No local estiveram cerca de 50 operacionais com o apoio de 30 viaturas.

Alerta chegou ao fim da tarde

O alerta foi dado às 18h09 e a página da Proteção Civil na internet referia então um total de 64 operacionais e 24 veículos envolvidos nas operações.

O INEM começou por avançar que o descarrilamento provocou 11 feridos, “todos conscientes”. Ao início da noite, permaneciam no interior do elétrico pelo menos seis pessoas.

Além dos bombeiros, foram chamadas equipas da Carris e da EPAL, devido ao rebentamento de uma conduta de água, na sequência do descarrilamento.

Fotografias disponibilizadas pela agência Lusa mostram o estado em que ficou o elétrico.


Uma testemunha contou à reportagem da RTP o que observou. Artur Martins explicou que o guarda-freio estava “um pouco assustado e que o elétrico começou a embalar e ele nunca mais o segurou”.

A Rua de São Domingos à Lapa tem uma forte inclinação.

Artur Martins acrescenta que os meios de socorro “foram extremamente rápidos”.

Tópicos:

Descarrilamento, Elétrico, Lisboa,

A informação mais vista

+ Em Foco

Apresentamos aqui o perfil dos cabeças de lista e cinco prioridades de ação por partido para o Parlamento Europeu.

    Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.