Ministério Público investiga suspeitas de favor no caso das gémeas brasileiras

por RTP
Paulo Domingos Lourenço - RTP

O Ministério Público (MP) confirmou, esta sexta-feira, que está a investigar suspeitas de favor no caso das gémeas brasileiras que foram tratadas no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Em resposta à RTP, o MP confirmou a instauração de um inquérito relacionado com o caso das gémeas luso-brasileiras e acrescenta que “o processo encontra-se em investigação no DIAP Regional de Lisboa e, por ora, não corre contra pessoa determinada”.

A notícia foi avançada esta sexta-feira pelo jornal Público, que afirma que a investigação avançou no início deste mês.

O inquérito, para já, é contra desconhecidos, mas o assunto ganhou relevância porque poderia haver um caso de favor com a intervenção do presidente da República.As gémeas luso-brasileiras, com uma doença rara, foram tratadas com um medicamento que custa dois milhões de euros por criança.


As meninas viviam em São Paulo, no Brasil, e terão chegado ao chefe do Estado através do filho, que também vive em São Paulo.
Belém já assumiu que recebeu uma carta e que a enviou para o Governo por achar o assunto relevante.

Se Marcelo Rebelo de Sousa vier a ser envolvido, a abertura de um processo tem de ser aprovada na Assembleia da República.
Tópicos
pub