Ministro vê com "enorme satisfação e orgulho" resultados do PISA

por RTP

Fotografia: Nuno André Ferreira - Lusa

Portugal conseguiu pela primeira vez resultados “significativamente superiores” à média da OCDE nos testes PISA em ciências e literatura. O Ministro da Educação constata “com enorme satisfação, orgulho e sentido de responsabilidade” os dados agora revelados.

Os resultados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA, na sigla inglesa) indicam que há “uma tendência de melhoria significativa dos resultados nos três domínios analisados”.

Além dos 501 pontos em literacia científica, os alunos portugueses conseguiram atingir 498 pontos em literacia de leitura e ficaram-se pelos 492 pontos em literacia matemática.

Os resultados do PISA permitem avaliar o nível de preparação dos jovens para entrar na vida ativa ou prosseguir estudos superiores, à medida que estes se aproximam do fim da escolaridade obrigatória, refere o Ministério da Educação.
"Melhoria gradual e consistente"

A apresentação dos resultados teve início na manhã desta terça-feira em Sintra, contando com a participação do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e do secretário de Estado da Educação, João Costa.

O Ministro da Educação constatou “com enorme satisfação, orgulho e sentido responsabilidade” a melhoria de resultados de Portugal na literacia científica, matemática e leitura.

Tiago Brandão Rodrigues aproveitou a ocasião para congratular os jovens, pais, funcionários docentes e não docentes e “todos aqueles que têm dedicado a sua vida à educação no nosso país”.

“Podemos hoje dizer (…) que o nosso sistema educativo tem vindo a melhorar de forma gradual e consistente nesta série longa”, garante o governante.

Brandão Rodrigues sublinha ainda que a evolução positiva aparece associada a um “processo de alargamento da escolaridade” e a uma baixa desigualdade em relação a outros países.