Perceção da corrupção em Portugal não acompanha investigações

por RTP

Foto: Paulo Domingos Lourenço - RTP

Os portugueses têm a perceção de que há mais corrupção no país do que a que é investigada e comprovada. A afirmação é do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, numa altura em que a capacidade de investigação tem sido posta em causa, e com sucessivos casos que se arrastam nos tribunais há vários anos.

Nos últimos 11 meses, foram abertos mais de 4 mil e 600 novos inquéritos a crimes de corrupção. Um aumento de quase 30% face ao ano passado.
pub