Procuradoria Europeia. Juiz desembargador ameaça processar ministra da Justiça

por RTP

O presidente da comarca judicial do Porto ameaça processar a ministra da Justiça por ter violado as regras do concurso para a Procuradoria Europeia.

Em exclusivo ao Sexta às 9, o desembargador José António Cunha explica que era o único candidato elegível a este concurso internacional, mas foi excluído pela própria ministra sem nunca ter sido notificado da decisão.
Francisca Van Dunem já pediu desculpa ao juiz, mas por aquilo que considera ter sido uma mera "descortesia".

A ministra da Justiça insiste que não violou qualquer regra do concurso internacional.

Mas especialistas em direito administrativo garantem ao Sexta às 9 que o desembargador tem "elevadas probabilidades" de ganhar a causa em tribunal e demonstrar que a ministra decidiu, não em função do mérito, mas por escolha pessoal.
pub