Proteção Civil e Everjets assinam contrato para operação e manutenção dos kamov do Estado

| País

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) assinou hoje o contrato com a empresa Everjets para a manutenção e operação dos helicópteros kamov do Estado para os próximos quatro anos

A Everjets foi a vencedora do concurso público internacional para a operação e manutenção dos helicópteros pesados para os próximos quatro anos, no valor superior a 46 milhões de euros.

Em comunicado, a Proteção Civil refere que foi hoje assinado, entre a ANPC e a Empresa Everjets, o contrato para a aquisição dos serviços de operação dos meios aéreos pesados para missões do Ministério da Administração Interna, envolvendo os seis helicópteros kamov.

Apesar de o contrato prever a operação e manutenção dos seis kamov, neste momento estão três operacionais, estando dois em manutenção e um acidentado desde o verão de 2012, segundo informações prestadas anteriormente à Lusa pela ANPC.

A Proteção Civil garante estar "a desenvolver todos os esforços" para que fiquem operacionais cinco kamov.

Além da operação e manutenção dos seis helicópteros kamov, a Everjets vai também ficar com a responsabilidade dos 25 trabalhadores da extinta Empresa de Meios Aéreos (EMA), dos quais cinco são pilotos e três copilotos.

Em 2013, a Everjets ganhou também o concurso de aluguer de 25 helicópteros ligeiros de combate a incêndios florestais por um período de cinco anos.

A EMA foi extinta no final de outubro do ano passado, tendo os trabalhadores transitado para a ANPC, até à conclusão do concurso público internacional.

A ANPC é também responsável pela gestão dos contratos de operação e manutenção dos meios aéreos próprios do Estado.

Tópicos:

ANPC, Proteção,

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Entrevista exclusiva à RTP do candidato à Presidência do Brasil.

    Numa entrevista exclusiva à RTP, Rodrigo Maia também diz que Portugal é uma inspiração para o que pretende fazer no Brasil.

    A RTP falou com os principais responsáveis e tentou perceber como é que os vários Estados se apoiam mutuamente, bem como a importância deste novo espaço em Portugal.