Provedora da Justiça voltou a fazer críticas aos serviços públicos

por RTP

Os serviços públicos mereceram novamente a atenção da provedora da Justiça. E de novo há críticas. Em causa estão o tempo de espera, a clareza da informação prestada e o acesso ao atendimento presencial sem marcação. Maria Lúcia Amaral faz 25 recomendações de melhorias.

pub