PSP adverte manifestantes que caso não recuem tem legitimidade para usar força

| País

|

O porta-voz do Cometlis da PSP lançou um aviso aos manifestantes que, caso continuem com a intenção de subirem a escadaria, a PSP tem legitimidade para usar a força. Caso as advertências não resultem a PSP "terá toda a legitimidade para usar a força para garantir a segurança de todos os manifestantes", afirmou o comissário Rui Costa.

A PSP já vez várias advertências aos manifestantes para recuarem e para adotarem uma conduta pacífica à frente da Assembleia da República, onde já conseguiram subir até metade da escadaria frontal do parlamento.

A mesma fonte adiantou que "a PSP está a tentar resolver a situação pela via do diálogo".

As advertências da polícia para que fosse mantida a calma foram acompanhadas por um elemento sindical, e feitas por megafone.

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.