Registados 6.776 crimes sexuais contra menores em cinco anos

por RTP

Foto: Caleb Woods - Unsplash

É o maior valor anual desde que há registos: em Portugal, no ano passado, houve notícia de pelo menos 1.760 crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

O número é revelado esta quinta-feira pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, que faz também o balanço dos últimos cinco anos: desde 2019, foram 6.776 os crimes sexuais contra menores.

Quanto aos balanço global de 2023, a APAV indica que foram sobretudo reportados casos de violência doméstica - 23.465 crimes, que representaram 75,8 por cento do total. Em segundo lugar, surgem os crimes sexuais contra crianças, com um peso de 5,7 por cento.A Associação de Apoio à Vítima apoiou perto de 19 mil pessoas no ano passado, um acréscimo de 40 por cento face a 2020.

Há ainda registo de 933 crimes de ameaça ou coação, 849 ofensas à integridade física, 735 casos de difamação, 467 burlas, 459 crimes sexuais contra adultos, 228 situações de perseguição ou stalking, 201 denúncias de assédio moral e 193 situações de discriminação e incitação ao ódio e à violência.

Em média, diariamente, a APAV atendeu 44 vítimas. A média semanal chegou a 170 mulheres adultas, 59 crianças e jovens, 36 homens adultos e 32 pessoas idosas.

Relativamente às crianças, a estrutura adianta que a média de idades rondou os dez anos - a maioria meninas (61 por cento) filhas (39,2 por cento) dos autores dos crimes.
pub