Sindicato denuncia situação "muito grave" com reclusos em Lisboa

| País
Sindicato denuncia situação muito grave  com reclusos em Lisboa

A ver: Sindicato denuncia situação "muito grave" com reclusos em Lisboa

O diretor-geral dos Serviços Prisionais nega qualquer principio de motim no Estabelecimento Prisional de Lisboa. No entanto, a RTP sabe que pelo menos 200 reclusos estão fechados na ala E. Não podem sair, nem para comer.

Em causa estão os acontecimentos que levaram à chamada do Grupo de Intervenção no sábado.

O Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional diz à RTP que "foi grave" o que aconteceu.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.

        Uma semana depois de as chamas deflagrarem em Monchique, a Proteção Civil deu o incêndio como dominado e em fase de resolução. Portugal volta a ser o país com mais área ardida na Europa.