Suplemento de missão. Diretor nacional da PSP pede justiça para os polícias

por RTP
Foto: António Antunes - RTP

O diretor nacional da Polícia de Segurança Pública pede justiça para os polícias. A propósito do suplemento de missão agora atribuído à Polícia Judiciária e não às outras polícias, José Augusto de Barros Correia defendeu que é necessário um aumento do suplementos também para a PSP.

Numa carta enviada esta segunda-feira a todos os polícias do país, a que a RTP teve acesso, o diretor nacional escreve que “não foi informado da intenção do Governo” e que “nem foi solicitada à direção nacional pronunciar-se sobre o assunto”.

O superintendente chefe acrescenta que alertou a tutela para a “necessidade de revisão das tabelas salariais” da PSP, uma exigência num tema que, de acordo com o líder da policia, não é desconhecido para o Governo.

O suplemento atribuído aos profissionais da Polícia Judiciária está a ser questionado pelos sindicatos e associações profissionais da Polícia de Segurança Pública e da Guarda Nacional Republicana, que estão a ponderar várias ações de luta e já foi feita uma petição que conta com cerca de 15 mil assinaturas.
pub