Touradas em Portugal continuam a perder espetadores

| País
Touradas em Portugal continuam a perder espetadores

As touradas atingiram no ano passado mínimos históricos de corridas e de público.

Os números da Inspeção Geral das Atividades Culturais indicam que pela primeira vez o número de touradas em Portugal esteve abaixo das duas centenas. Foram cento e noventa e uma touradas.

Também o número de espetadores que acorreu a estes espetáculos foi o mais baixo de sempre, desde que começaram a ser publicadas estatísticas oficiais há vinte anos.

Em seis anos o número de espetadores das touradas caiu de seiscentos e oitenta mil para menos de metade.

Apenas uma praça de touros a do Campo Pequeno, em Lisboa, conseguiu ter mais espetáculos e mais espetadores em 2016, como conta a jornalista Raquel Morão Lopes.

A seguir ao Campo Pequeno surgem as as praças de touros de Albufeira e da Nazaré.

A temporada tauromáquica abriu na semana passada.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 17 de junho, Portugal começou a assistir ao mais mortífero incêndio de sempre. A paisagem de Pedrógão Grande mantém-se em tons de sépia. Um cenário captado pelo fotojornalista Pedro A. Pina.

    Hotéis de luxo e restaurantes de autor crescem ao lado de quem vive sem água ou luz. A Comporta tem um novo proprietário que quer transformar aquela zona num local para estrangeiros ricos.

    O Parque das Nações vai receber as duas semifinais e a final nos dias 8, 10 e 12 de maio do próximo ano. Já o festival português vai decorrer em Guimarães.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A caminho das autárquicas a Antena 1 fixa o país em 20 retratos.