Touradas em Portugal continuam a perder espetadores

| País
Touradas em Portugal continuam a perder espetadores

As touradas atingiram no ano passado mínimos históricos de corridas e de público.

Os números da Inspeção Geral das Atividades Culturais indicam que pela primeira vez o número de touradas em Portugal esteve abaixo das duas centenas. Foram cento e noventa e uma touradas.

Também o número de espetadores que acorreu a estes espetáculos foi o mais baixo de sempre, desde que começaram a ser publicadas estatísticas oficiais há vinte anos.

Em seis anos o número de espetadores das touradas caiu de seiscentos e oitenta mil para menos de metade.

Apenas uma praça de touros a do Campo Pequeno, em Lisboa, conseguiu ter mais espetáculos e mais espetadores em 2016, como conta a jornalista Raquel Morão Lopes.

A seguir ao Campo Pequeno surgem as as praças de touros de Albufeira e da Nazaré.

A temporada tauromáquica abriu na semana passada.

A informação mais vista

+ Em Foco

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Eram muito jovens quando chegaram a Old Trafford. Há 60 anos o mundo chorou a perda de uma das melhores equipas de sempre em Inglaterra, treinada por Matt Busby.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.