Última Hora
Euro2024. Bélgica precisa de pontuar frente à Roménia. Acompanhe este jogo ao minuto

Trabalhadores do setor social em greve por melhores salários

por Lusa
Os trabalhadores do setor social param por melhores condições de trabalho José Coelho - Lusa

Os trabalhadores do setor social estão em greve e realizam uma concentração no Porto, em protesto contra a tabela de aumentos salariais proposta pela Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS).

O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Solidariedade e Segurança Social (STSSSS), convocou a greve “na sequência da tomada de posição da CNIS em relação à proposta de tabelas salariais dos sindicatos” e “ para mostrar o protesto dos trabalhadores do setor social face ao estrangulamento pretendido da tabela salarial”.

De acordo com o sindicato, existe “a recusa por parte da CNIS da proposta de aumentos salariais iguais para todos os níveis da tabela e retirar do Salário Mínimo Nacional dos níveis mais baixos da referida tabela”.

Os trabalhadores do setor social “exigem ainda o reconhecimento e a valorização do seu trabalho, a equiparação salarial a trabalhadores de outros setores segundo o princípio de que a trabalho igual deve corresponder salário igual, o aumento das diuturnidades, o aumento do subsídio de refeição e o horário máximo de 35 horas de trabalho semanais para todos”.

"Trabalhadores justamente considerados essenciais merecem mais direitos laborais e reais aumentos salariais", argumentam.



pub