Várias unidades locais de saúde deixam de fazer cirurgias ao cancro da mama

por RTP

Foto: Reuters

Sete unidades locais de saúde vão deixar de fazer cirurgias ao cancro da mama já a partir de abril. A decisão foi tomada pela Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde, que teme falta de segurança e qualidade em unidades que fazem menos 100 operações por ano.

A Sociedade Portuguesa de Oncologia aplaude. Mas a Liga Portuguesa Contra o Cancro alerta para o aumento das listas de espera.
pub