Nuno Magalhães apoia Assunção Cristas na corrida à liderança do CDS-PP

por Lusa

Lisboa, 14 jan (Lusa) -- O presidente da bancada parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães, manifestou hoje o seu apoio à candidatura da vice-presidente do partido, Assunção Cristas, afirmando não estar surpreendido com a decisão, e considerando-a uma "excelente candidata".

"Eu pessoalmente acho que a doutora Assunção Cristas é uma excelente candidata e terá o meu apoio, os outros militantes terão a sua posição, que eu respeito", afirmou o centrista aos jornalistas, na Assembleia da República.

A vice-presidente do CDS-PP Assunção Cristas anunciou hoje que se candidata à liderança do partido no 26.º Congresso, que decide a sucessão de Paulo Portas.

A ex-ministra da Agricultura e deputada centrista fez o anúncio da sua candidatura através da rede social facebook.

"Quanto à decisão da doutora Assunção Cristas, não me surpreende. Acho que é uma boa candidata, uma excelente candidata mesmo, e terá o meu apoio", vincou Nuno Magalhães.

O líder da bancada parlamentar centrista defendeu que será melhor existir apenas uma candidatura à liderança do partido, mas ressalvou estar a falar enquanto militante, pois "deve manter alguma distância, até porque pode haver outros deputados a querer candidatar-se".

Quanto à decisão do eurodeputado Nuno Melo de não entrar na corrida à sucessão de Paulo Portas, Nuno Magalhães manifestou não estar surpreendido.

"Não me surpreende o sentido de partido, a humildade e a maturidade do doutor Nuno Melo", referiu.

Também a vice-presidente do grupo parlamentar Cecília Meireles falou aos jornalistas no parlamento, afirmando que "uma candidatura é sobretudo um ato de vontade".

"A doutora Assunção Cristas demonstrou essa vontade, acho que é uma boa notícia para o partido", acrescentou.

Cecília Meireles vincou que Assunção Cristas "é uma destacada militante do CDS, foi uma excelente ministra, é com certeza uma excelente deputada" e, portanto, vê "com bons olhos a candidatura dela".

"Eu acho que a doutora Assunção Cristas tem muitas e muitas qualidades que certamente a recomendam e portanto ser mulher é uma característica - como é óbvio é uma característica que vejo como positiva -, mas acho que ela tem muitas e muitas qualidades que a recomendam", considerou.

Quanto à decisão de Nuno Melo, Cecília Meireles afirmou ter "uma longa relação de amizade" com o eurodeputado, e defendeu que é preciso, "acima de tudo, respeitar aquilo que são atos de vontade e aquilo que são também atos de não querer avançar".

"Eu acho que ambas as atitudes são, obviamente, respeitáveis", frisou, acrescentando não ter ficado desiludida com o recuo do eurodeputado.

Segundo a deputada, é necessário olhar "às candidaturas que, de facto, aparecem e escolher entre aquelas que aparecem".

Tópicos