Sondagem Católica. Governo cai antes do fim da Legislatura para maioria dos inquiridos

por Inês Ameixa - Antena 1

Foto: Tiago Petinga - Lusa

Um mês e meio depois de Governo, a Aliança Democrática (AD) não descola do Partido Socialista (PS) nas estimativas de resultados. É o que revela uma nova sondagem da Universidade Católica para a Antena 1, RTP e jornal Público.

Caso as legislativas fossem hoje, a AD alcançaria 30 por cento, o PS 29 por cento, o Livre ultrapassaria o Bloco de Esquerda, mas também aqui a diferença é de apenas um ponto percentual.

Depois de eleições renhidas em março, as duas maiores forças partidárias continuam muito próximas

Os inquiridos foram também questionados sobre se a oposição faz bem ou mal em aprovar propostas sobre o IRS ou as portagens nas Scut, contra a vontade do Governo.

Metade dos entrevistados consideram que a oposição faz bem em fazê-lo, apenas 26% dizem que faz mal.

Esta sondagem avaliou também o desempenho do Presidente da República e dos líderes partidários. Em relação a sondagens anteriores, Marcelo Rebelo de Sousa desce muito na avaliação dos portugueses. Numa escala de 0 a 20, o presidente recolhe uma nota média de 9,4.

Luís Montenegro é nesta altura o líder político mais bem avaliado com 11,3 de nota média. Rui Tavares surge em segundo com 9,9, Pedro Nuno Santos tem 9,8.

Agora a obrigatória ficha técnica:


pub