Um terço dos lugares de concurso em Elvas vai para família dos autarcas

por RTP

Elvas é um concelho liderado pelo PS. O autarca Nuno Mocinha abriu um mega-concurso público antes das eleições. Há dois meses colocou 82 novos funcionários e 27 são familiares seus, dos vereadores e de altos funcionários da autarquia.

O mais grave é que para contratar os mais próximos o júri composto por funcionários da câmara cometeu pelo menos uma ilegalidade.

Excluiu uma jovem deficiente de 25 anos que tem o 12.º ano e no seu lugar colocou a mãe da ex-secretária do Presidente da Câmara, que tem 61 anos e o quinto ano de escolaridade. O concurso pode cair a qualquer momento.