Morreu ator britânico Andrew Sachs, "Manuel" em "Fawlty Towers"

| Cultura

O ator britânico Andrew Sachs, famoso pelo papel de criado na comédia "Fawlty Towers", morreu com 86 anos, disse a mulher numa entrevista ao jornal Daily Mail.

Sachs morreu na semana passada num lar, em Londres, e foi enterrado na quinta-feira. O ator sofria de demência há quatro anos, indicou.

Andrew Sachs nasceu na Alemanha e tornou-se famoso na década de 1970 com o papel de "Manuel" na comédia da cadeia britânica BBC "Fawlty Towers", onde desempenhava o papel de criado de um hotel ao lado do ator John Cleese, como proprietário do estabelecimento.

"Manuel" era frequentemente criticado por "Basil Fawlty", que a BBC afirmou ter sido inspirado no proprietário de hotel que Cleese conheceu.

John Cleese prestou homenagem a Sachs numa série de mensagens na rede social Twitter: "Um homem doce, gentil... e amável e um grande e verdadeiro comediante. A primeira vez que o vi foi no palco em `Habeas Corpus`, em 1973. Não podia ter encontrado um melhor `Manuel`. Inspirado".

Sachs chegou ao Reino Unido com oito anos, depois de a família ter fugido de Berlim em 1938.

Tópicos:

Andrew Sachs, Berlim, Cleese, Daily,

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    O incêndio de Pedrógão Grande provocou a morte de 64 pessoas e deixou mais de 200 pessoas feridas. Revisitamos os últimos dias com fotografias e imagens aéreas captadas com recurso a um drone.

      É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

      Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.