Presidente da EDP: Impostos explicam preços elevados de gás e eletricidade

| Economia
Presidente da EDP: Impostos explicam preços elevados de gás e eletricidade

Hugo Correia - Reuters

No dia em que o Eurostat confirmou que Portugal fechou 2015 com a eletricidade e gás mais caros da União Europeia, António Mexia lembra os baixos rendimentos dos consumidores e aponta o dedo ao peso da carga fiscal.

"O problema não está no preço da eletricidade, o problema está no poder de compra. (...) O preço para as famílias em Portugal está em linha com o preço europeu, sobretudo se tivermos em conta que há uma fiscalidade em Portugal superior à média europeia", argumenta o presidente da EDP.

Esta sexta-feira, o gabinete de estatísticas da União Europeia revelou que o peso das taxas e impostos no preço da eletricidade doméstica em Portugal é o terceiro maior da UE (50 por cento), depois da Dinamarca (69 por cento) e da Alemanha (52 por cento), e acima da média europeia de 33 por cento.

No que diz respeito ao gás, as taxas e impostos são 23 por cento, em média com a União Europeia.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.