Semanário Sol despede 20 pessoas

| Economia

O semanário Sol comunicou hoje a 20 trabalhadores que iriam ser despedidos, dos quais pelo menos sete jornalistas, disse hoje à Lusa um dos trabalhadores da empresa.

De acordo com a mesma fonte, os despedimentos prendem-se com "redução de custos".

A Lusa tentou obter uma reação do diretor do jornal, José António Saraiva, mas até ao momento não foi possível.

O semanário Sol, lançado em 2006, é atualmente detido pelo grupo de capitais angolano Newshold, tendo-se assumido como jornal da lusofonia, com edições para Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Tópicos:

Media Semanário Sol,

A informação mais vista

+ Em Foco

Amir Ashour é o primeiro iraquiano a dar a cara pelos direitos gay no seu país. Em segurança na Suécia, revela à RTP episódios de tortura e de rejeição.

    Oitenta anos passados do início do conflito, a RTP propôs-se investigar o "lado português" da Guerra de Espanha.

      O antigo Presidente da República morreu aos 92 anos. Recordamos aqui os principais momentos de uma figura incontornável da História de Portugal.

        Nos 60 anos da Gulbenkian, a RTP deu uma volta pelo museu da fundação e continua a mostrar as obras mais significativas.