Semanário Sol despede 20 pessoas

| Economia

O semanário Sol comunicou hoje a 20 trabalhadores que iriam ser despedidos, dos quais pelo menos sete jornalistas, disse hoje à Lusa um dos trabalhadores da empresa.

De acordo com a mesma fonte, os despedimentos prendem-se com "redução de custos".

A Lusa tentou obter uma reação do diretor do jornal, José António Saraiva, mas até ao momento não foi possível.

O semanário Sol, lançado em 2006, é atualmente detido pelo grupo de capitais angolano Newshold, tendo-se assumido como jornal da lusofonia, com edições para Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Tópicos:

Media Semanário Sol,

A informação mais vista

+ Em Foco

Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1 para Assuntos Internacionais, debruça-se sobre a fase decisiva do processo de impeachment no Brasil.

O padre jesuíta Nuno da Silva Gonçalves vê a universidade como um grande laboratório da Igreja Católica com alunos de 130 países.

A ponte que começou por se chamar Salazar e recebeu, depois da Revolução dos Cravos, a designação de 25 de Abril cumpriu meio século. A RTP assinalou o aniversário com um dossier multimédia.

    Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.