Semanário Sol despede 20 pessoas

| Economia

O semanário Sol comunicou hoje a 20 trabalhadores que iriam ser despedidos, dos quais pelo menos sete jornalistas, disse hoje à Lusa um dos trabalhadores da empresa.

De acordo com a mesma fonte, os despedimentos prendem-se com "redução de custos".

A Lusa tentou obter uma reação do diretor do jornal, José António Saraiva, mas até ao momento não foi possível.

O semanário Sol, lançado em 2006, é atualmente detido pelo grupo de capitais angolano Newshold, tendo-se assumido como jornal da lusofonia, com edições para Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Tópicos:

Media Semanário Sol,

A informação mais vista

+ Em Foco

A capital portuguesa é cada vez mais um lugar de turismo. E, de ano para ano, o comércio tradicional tem vindo a transformar-se.

    O maior estudo genético de europeus da pré-história revela que populações inteiras tiveram de migrar ou desapareceram para sempre. E durante a maior parte da sua história os europeus foram negros.

      Apenas cinco por cento da quantia total dos dois primeiros programas de assistência a Atenas tiveram como destino os cofres do Estado. O restante foi parar às mãos dos credores.

        Completam-se agora 100 anos sobre o início da beligerância portuguesa. Uma data assinalada pela RTP com a publicação online dos seus mais significativos materiais de arquivo sobre o tema.