Valor das pensões afunda-se até 2025

| Economia
Valor das pensões afunda-se até 2025

A ver: Valor das pensões afunda-se até 2025

Foto: Rafael Marchante, Reuters

Contas feitas por especialistas sugerem que, a partir de 2025, as pensões de reforma vão valer menos de metade do último salário auferido. A longo prazo, em 2060, serão pouco mais de um terço. Os dados estão num documento da Comissão Europeia e são destacados na edição deste domingo do jornal Público.

É a população agora ativa que vai sentir os cortes no futuro. Os decréscimos serão muito significativos, quando se compara o valor bruto da pensão de reforma com o último salário.

Os dados do Ageing Report, da Comissão Europeia, mostram que dentro de dez anos já se vai sentir a quebra no valor pensões. Especialistas sobre a matéria adiantam que a partir de 2025 a pensão vai valer menos de metade do último salário. E em 2060 corresponderá a pouco mais de um terço.

O problema radica no drama demográfico que o país atravessa, ou seja, o envelhecimento e consequente redução da população ativa. Razões confirmadas no documento de Bruxelas.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.