Valor das pensões afunda-se até 2025

| Economia
Valor das pensões afunda-se até 2025

A ver: Valor das pensões afunda-se até 2025

Foto: Rafael Marchante, Reuters

Contas feitas por especialistas sugerem que, a partir de 2025, as pensões de reforma vão valer menos de metade do último salário auferido. A longo prazo, em 2060, serão pouco mais de um terço. Os dados estão num documento da Comissão Europeia e são destacados na edição deste domingo do jornal Público.

É a população agora ativa que vai sentir os cortes no futuro. Os decréscimos serão muito significativos, quando se compara o valor bruto da pensão de reforma com o último salário.

Os dados do Ageing Report, da Comissão Europeia, mostram que dentro de dez anos já se vai sentir a quebra no valor pensões. Especialistas sobre a matéria adiantam que a partir de 2025 a pensão vai valer menos de metade do último salário. E em 2060 corresponderá a pouco mais de um terço.

O problema radica no drama demográfico que o país atravessa, ou seja, o envelhecimento e consequente redução da população ativa. Razões confirmadas no documento de Bruxelas.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Na edição deste sábado do 360, na RTP3, o jornalista António Louçã, autor da grande reportagem "Alemanha: o reverso da medalha", resumiu o contexto económico e social no chamado motor da Europa, em véspera de ida às urnas.

A Alemanha vai a votos com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.

    Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

      Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.