CNE considera "infundadas" reclamações da UNITA

| Mundo

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola anunciou hoje em Luanda que considera "infundadas" as reclamações da UNITA e apelou ao partido para que colabore para que o processo eleitoral decorra com toda a normalidade.

O anúncio foi feito pela porta-voz da CNR, Júlia Ferreira, após cerca de cinco horas de reunião para discutir queixas do principal partido da oposição angolana sobre os preparativos para as eleições gerais marcadas para 31 de agosto.

Esta decisão da CNE abre caminho à "manifestação popular" de protesto, convocada pela UNITA contra o que considera ser a organização do escrutínio "à margem da lei".

A manifestação, prevista para sábado na capital angolana, realizar-se-á seis dias antes da votação.

Tópicos:

CNR Júlia,

A informação mais vista

+ Em Foco

A capital portuguesa é cada vez mais um lugar de turismo. E, de ano para ano, o comércio tradicional tem vindo a transformar-se.

    Há vários portugueses contaminados com glifosato. A sua presença foi detetada com valores elevados no norte e centro do país.

    Cinco homens, quatro mulheres, nove candidatos à posição de secretário-geral da Organização das Nações Unidas. Incluindo o antigo primeiro-ministro português António Guterres.

      Completam-se agora 100 anos sobre o início da beligerância portuguesa. Uma data assinalada pela RTP com a publicação online dos seus mais significativos materiais de arquivo sobre o tema.