CNE considera "infundadas" reclamações da UNITA

| Mundo

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola anunciou hoje em Luanda que considera "infundadas" as reclamações da UNITA e apelou ao partido para que colabore para que o processo eleitoral decorra com toda a normalidade.

O anúncio foi feito pela porta-voz da CNR, Júlia Ferreira, após cerca de cinco horas de reunião para discutir queixas do principal partido da oposição angolana sobre os preparativos para as eleições gerais marcadas para 31 de agosto.

Esta decisão da CNE abre caminho à "manifestação popular" de protesto, convocada pela UNITA contra o que considera ser a organização do escrutínio "à margem da lei".

A manifestação, prevista para sábado na capital angolana, realizar-se-á seis dias antes da votação.

Tópicos:

CNR Júlia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Cavalo de Troia. Mãe de todos os tratados. As designações ficam aquém do que está a ser forjado por Washington e Bruxelas.

    Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.

      Desde que saiu do Real Madrid para voltar ao Chelsea (de onde foi despedido uma segunda vez), o nome do português foi sempre cogitado para a sucessão de Sir Alex Ferguson.

        Há 90 anos foi criada a primeira polícia política destinada a proteger a ditadura criada nesse ano. A RTP começa agora a emitir uma série de nove episódios sobre a história dessa polícia.