CNE considera "infundadas" reclamações da UNITA

| Mundo

A Comissão Nacional Eleitoral (CNE) de Angola anunciou hoje em Luanda que considera "infundadas" as reclamações da UNITA e apelou ao partido para que colabore para que o processo eleitoral decorra com toda a normalidade.

O anúncio foi feito pela porta-voz da CNR, Júlia Ferreira, após cerca de cinco horas de reunião para discutir queixas do principal partido da oposição angolana sobre os preparativos para as eleições gerais marcadas para 31 de agosto.

Esta decisão da CNE abre caminho à "manifestação popular" de protesto, convocada pela UNITA contra o que considera ser a organização do escrutínio "à margem da lei".

A manifestação, prevista para sábado na capital angolana, realizar-se-á seis dias antes da votação.

Tópicos:

CNR Júlia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistado no 360, da RTP3, o ministro das Finanças quis sublinhar que o seu cargo governativo não é exclusivo e pode ser compatível com a presidência do Eurogrupo.

Há muitas perguntas no caminho e muitas respostas que só o caminho pode dar. Pela Última Vez - Histórias sobre o fim que não acaba é o título de uma grande reportagem de Isabel Meira para a rádio pública.

Um atentado suicida em Manchester provocou 22 mortos e dezenas de feridos. A explosão decorreu no final de um concerto da digressão de Ariana Grande Dangerous Woman Tour.

    Um dos mais famosos discos dos Beatles faz agora 50 anos. O histórico álbum "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" regressou às lojas com várias edições especiais.