Lamia com licença suspensa

| Mundo
Lamia com licença suspensa

A ver: Lamia com licença suspensa

A companhia aérea Lamia, à qual pertencia o avião que se despenhou tem a licença suspensa. As autoridades colombianas confirmaram que o acidente aconteceu porque o avião não tinha combustível.

O piloto, que também era sócio da companhia, deveria ter feito uma escala técnica para reabastecimento de combustível e não fez.

O avião tinha combustível para viajar três mil quilómetros e o voo era de 2.985 quilómetros.

Ou seja menos, o combustível só dava para mais 15 quilómetros para além do destino.

Nas ultimas horas, o Hospital de Rio Negro, na Colômbia, apresentou o boletim clínico dos elementos da tripulação feridos.

O diretor do Hospital San Vicente contou que o jogador do Chapecoense, Jackson Follman foi amputado de uma perna.

A informação mais vista

+ Em Foco

No Telejornal, Bernardo Pires de Lima comentou a decisão da Casa Branca sobre Jerusalém, agora reconhecida como a capital de Israel.

A Coreia do Norte continua a desafiar o mundo com testes de mísseis balísticos e armas nucleares.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.