Lamia com licença suspensa

| Mundo

A companhia aérea Lamia, à qual pertencia o avião que se despenhou tem a licença suspensa. As autoridades colombianas confirmaram que o acidente aconteceu porque o avião não tinha combustível.

O piloto, que também era sócio da companhia, deveria ter feito uma escala técnica para reabastecimento de combustível e não fez.

O avião tinha combustível para viajar três mil quilómetros e o voo era de 2.985 quilómetros.

Ou seja menos, o combustível só dava para mais 15 quilómetros para além do destino.

Nas ultimas horas, o Hospital de Rio Negro, na Colômbia, apresentou o boletim clínico dos elementos da tripulação feridos.

O diretor do Hospital San Vicente contou que o jogador do Chapecoense, Jackson Follman foi amputado de uma perna.

A informação mais vista

+ Em Foco

Nasceu em 1951 aquele que é conhecido como o primeiro centro comercial em Portugal.

    A curda Mina Jaf é diretora da Women Refugee Route e trabalha com a ONU. Diz que quer mostrar às refugiadas que têm de sair das tendas dos campos e contar a violência de que são alvo.

      Um velho enigma pode estar explicado: por que continua a ilha de Santa Maria a erguer-se acima do nível do mar? Ricardo Ramalho resume para o RTP online a investigação mais recente sobre o tema.

        Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Emitida todas as segundas-feiras.