Lamia com licença suspensa

| Mundo
Lamia com licença suspensa

A ver: Lamia com licença suspensa

A companhia aérea Lamia, à qual pertencia o avião que se despenhou tem a licença suspensa. As autoridades colombianas confirmaram que o acidente aconteceu porque o avião não tinha combustível.

O piloto, que também era sócio da companhia, deveria ter feito uma escala técnica para reabastecimento de combustível e não fez.

O avião tinha combustível para viajar três mil quilómetros e o voo era de 2.985 quilómetros.

Ou seja menos, o combustível só dava para mais 15 quilómetros para além do destino.

Nas ultimas horas, o Hospital de Rio Negro, na Colômbia, apresentou o boletim clínico dos elementos da tripulação feridos.

O diretor do Hospital San Vicente contou que o jogador do Chapecoense, Jackson Follman foi amputado de uma perna.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.