ONU começa a retirar pessoal da Birmânia devido aos confrontos religiosos

| Mundo

A ONU anunciou hoje ter iniciado a retirada do pessoal internacional de algumas áreas da Birmânia afetadas por violentos confrontos entre budistas e muçulmanos que levaram, no domingo, à declaração do estado de emergência em Rakhine.

De acordo com o representante da ONU em Rangum, Ashok Nigam, cerca de 44 funcionários da organização e as respetivas famílias estão a deixar Maungdaw, no Estado de Rakhine, na fronteira com o Bangladesh, onde a violência já causou, pelo menos, sete mortos.

Tópicos:

ONU, Rangum,

A informação mais vista

+ Em Foco

O princípio da imunidade diplomática foi definido pela Convenção de Viena, em 1961. Existe para proteger os diplomatas de abusos, coação ou pressões nos países onde estão a trabalhar.

A ponte que começou por se chamar Salazar e recebeu, depois da Revolução dos Cravos, a designação de 25 de Abril cumpriu meio século. A RTP assinalou o aniversário com um dossier multimédia.

    No aniversário da fundação Gulbenkian, a RTP foi visitar o museu e, em conjunto com os curadores, selecionou algumas das obras mais significativas que aí se encontram.

      Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.