ONU começa a retirar pessoal da Birmânia devido aos confrontos religiosos

| Mundo

A ONU anunciou hoje ter iniciado a retirada do pessoal internacional de algumas áreas da Birmânia afetadas por violentos confrontos entre budistas e muçulmanos que levaram, no domingo, à declaração do estado de emergência em Rakhine.

De acordo com o representante da ONU em Rangum, Ashok Nigam, cerca de 44 funcionários da organização e as respetivas famílias estão a deixar Maungdaw, no Estado de Rakhine, na fronteira com o Bangladesh, onde a violência já causou, pelo menos, sete mortos.

Tópicos:

ONU, Rangum,

A informação mais vista

+ Em Foco

Após meses de confronto na internet, comícios e media, Donald Trump e Hillary Clinton encontram-se no mesmo palco. Esta segunda-feira realiza-se o primeiro debate presidencial.

    Antigo primeiro-ministro, alto-comissário da ONU para os Refugiados durante dez anos e atual candidato ao secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres percorreu os principais palcos nacionais e internacionais, na política e na solidariedade.

    É um espaço de jogos dedicado exclusivamente à realidade virtual e que marca a chegada do PlayStation VR a Portugal, no próximo mês de outubro.

    Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.