ONU começa a retirar pessoal da Birmânia devido aos confrontos religiosos

| Mundo

A ONU anunciou hoje ter iniciado a retirada do pessoal internacional de algumas áreas da Birmânia afetadas por violentos confrontos entre budistas e muçulmanos que levaram, no domingo, à declaração do estado de emergência em Rakhine.

De acordo com o representante da ONU em Rangum, Ashok Nigam, cerca de 44 funcionários da organização e as respetivas famílias estão a deixar Maungdaw, no Estado de Rakhine, na fronteira com o Bangladesh, onde a violência já causou, pelo menos, sete mortos.

Tópicos:

ONU, Rangum,

A informação mais vista

+ Em Foco

Cavalo de Troia. Mãe de todos os tratados. As designações ficam aquém do que está a ser forjado por Washington e Bruxelas.

    Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.

      Rogério Fernandes Ferreira chama a atenção para a necessidade de criar regras para o acesso automático do Fisco aos dados bancários dos cidadãos.

      Há 90 anos foi criada a primeira polícia política destinada a proteger a ditadura criada nesse ano. A RTP começa agora a emitir uma série de nove episódios sobre a história dessa polícia.