"Arroz de pato no forno" representa Portugal na seleção gastronómica da União Europeia

| País

O "arroz de pato no forno" representa Portugal na seleção gastronómica que está a ser promovida pela Delegação da União Europeia na China como mais uma manifestação da "diversidade da Europa".

"O bacalhau era a escolha óbvia, mas aqui não há bacalhau", explicou uma colaboradora da Embaixada portuguesa em Pequim que esteve ligada à iniciativa.

Coincidindo com o V Festival de Cinema da UE na China, que decorre até ao final de novembro em quatro cidades chinesas, a Delegação da UE lançou uma colectânea de 27 receitas culinárias, uma por cada Estado membro, intitulada "Tasty Europe" ("Europa Apetitosa").

"Tal como na China, a comida é uma parte central da civilização, da cultura e da vida familiar na Europa", diz a publicação.

As receitas, escritas em inglês e chinês, são ilustradas com uma fotografia do respetivo prato, que no caso português é de barro e com três rodelas de chouriço sobre o arroz.

Paulo Quaresma, `chef` do único restaurante português de Pequim, chamado "Camões", aplaudiu a escolha: "Pato e arroz, na China, é o casamento perfeito".

"É um dos nossos pratos com mais saída e que os clientes mais apreciam", disse.

A França também escolheu o pato, mas com sumo de laranja.

A "Tortilha" representa a Espanha, a Itália avançou com uma das suas massas, "ragù à bolonhesa", e do Reino Unido vêm batatas fritas com filetes de peixe.

Alemanha, Áustria, Bélgica, Eslovénia, Finlândia, República Checa e Roménia optaram pelos doces e outras sobremesas; Bulgária, Lituânia, Luxemburgo e Polónia concorrem com sopas; Dinamarca e Estónia apresentaram pratos à base de carne de porco.

Chipre, Irlanda, Malta e Letónia também propõem pratos de carne.

A Holanda oferece bolachas e a Eslováquia aposta num puré de batata com queijo.

Também não faltam, evidentemente, a "moussaka" grega, o "goulash" húngaro e as almôndegas suecas.

"Bon Appétit!", recomenda a Delegação da UE, em francês.

No referido festival de cinema, um certame com 26 filmes, destinado a mostrar a diversidade cultural da UE, Portugal está representado por "Alice", do realizador Marco Martins.

A União Europeia é o maior parceiro comercial da China.

Tópicos:

Bulgária Lituânia Luxemburgo, Checa, Chipre Irlanda Malta, Dinaca, Pequim, Quaresma,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.