S. João da Madeira em eleições para escolher nova Câmara a 24 de janeiro

| País

O Diário da República publica hoje um despacho do secretário de Estado da Administração Local que marca para 24 de janeiro de 2016 as eleições autárquicas intercalares para a Câmara Municipal de S. João da Madeira.

A decisão surge no seguimento da "renúncia ao mandato da totalidade dos membros efetivos e suplentes da lista mais votada [a do PSD] à Câmara" nas eleições de 2013, o que se verificou na passada quarta-feira.

O despacho do secretário de Estado António Leitão Amaro atribui assim a marcação do novo ato eleitoral ao facto de que, com a referida renúncia, "ficou esgotada a possibilidade de substituição do presidente da Câmara Municipal, prevista no artigo 70.º da Lei N.º 169/99, de 18 se setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei Orgânica 1/2011, de 30 de novembro".

Tópicos:

Câa, N º, Orgânica, PSD],

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.