Segundo dia de caos aéreo no Continente Europeu

| Economia

Segundo dia de caos aéreo no Continente Europeu

Mais de um milhão de passageiros retidos em toda a Europa devido à nuvem de cinzas que cobre vários países | Adam Warzawa, EPA

O Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, ficou retido em Praga devido ao encerramento do espaço aéreo da República Checa. As autoridades checas decidiram encerrar o aeroporto quando eram dez da manhã em Lisboa devido ao efeito da nuvem de cinza, libertada pelo vulcão na Islândia.

Paises afectados pela núvem de cinzas

Espaço aéreo encerrado:

- Bélgica
- República Checa
- Dinamarca
- Estónia
- Finlândia
- Hungria
- Lituãnia
- Letónia
- Holanda
- Eslováquia
- Suíça (a partir das 22h00 GMT)

Encerramento parcial:

- Áustria
- França (norte do país)
- Alemanha (maior parte dos aeroportos encerrados)
- Noruega (norte do país)
- Polónia (maior parte dos aeroportos encerrados)
- Irlanda (maior parte do espaço aéreo normalizado hoje)
- Suécia (espaço aéreo a norte aberto hoje)
- Inglaterra (praticamente todo o país afectado)
A Presidência da República tinha ponderado antecipar o regresso a Lisboa da comitiva, mas já não foi possível porque as autoridades de Praga decidiram antecipar o fecho do espaço aéreo para a manhã, quando inicialmente apenas estava previsto para a tarde.

O Presidente da República vai ficar pelo menos até amanhã de manhã em Praga, foram esta tarde informados os jornalistas que acompanham a visita de Cavaco Silva.

Um novo ponto de situação será feito às 08h00 de sábado.

Cavaco Silva não foi o único a ver os seus planos frustrados pelo caos que reina nas ligações aéreas europeias. Devido ao encerramento do espaço aéreo alemão, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, viu-se forçada a fazer uma escala inesperada em Lisboa, no regresso de uma viagem aos Estados Unidos. (ver vídeo)

O primeiro-ministro português, José Sócrates foi ao aeroporto de Figo Maduro receber a chefe do Governo alemão, que deverá pernoitar em Lisboa e retornar à Alemanha ao início da tarde de sábado, devido às regras que estipulam os tempos de paragem obrigatórios para a tripulação do avião.

As perturbações aéreas estão também a preocupar as autoridades polacas, que temem que a paralisação dos voos ameace a chegada dos líderes mundiais convidados para os funerais de Estado do presidente Lech Kaczynsky e da sua mulher Maria, que terão lugar em Cracóvia, no sul do país.

A família do falecido Chefe de Estado insitiu que as exéquias se realizem como planeado. Os presidentes Barack Obama dos Estados Unidos e Dmitri Medvedev da Rússia estão entre os convidados e até ao momento ninguém cancelou a sua presença.

Situação pior do que a de ontemA agência europeia de tráfego aéreo, "Eurocontrol", diz que as perturbações do tráfego aéreo ocorridas hoje foram ainda piores do que as de quinta-feira. As nuvens de cinzas vulcânica provenientes da Islândia provocaram o cancelamento de mais de 17 000 voos na Europa, o equivalente a 60% do total. A mesma agência estima que cerca de 1,3 milhões de passageiros foram afectados pela situação. Dos 300 voos transatlânticos que aterram diariamente no Continente Europeu, apenas cerca de 120 puderam fazê-lo esta sexta-feira.

A "Eurocontrol" prevê que a situação se prolongue ao longo de sábado, à medida que as núvens de cinza se vão lentamente deslocando para Leste e para Sul. Brian Flynn, um porta-voz da agência avisa:"Vai haver perturbações significativas do tráfego aéreo amanhã". Este responsável acrescentou que a agência vai realizar na segunda-feira uma reunião de responsáveis de aviação dos 40 países que integram a "Eurocontrol".

Os problemas do tráfego aéreo estão a causar gravíssimos prejuízos às transportadoras aéreas, mas beneficiam outros serviços, como as empresas ferroviárias, hotéis e agências de aluguer de automóveis, que desde ontem têm vindo a registar uma procura desmedida.

Mais de 400 voos cancelados em Portugal

A Ana - Aeroportos de Portugal informou ao final da tarde que 426 voos foram cancelados entre quinta-feira e hoje.

A maioria dos destinos e origens destes voos são na Europa Central, Europa do Norte e principalmente Reino Unido.

Relativamente aos aeroportos nacionais geridos pela ANA e pela ANAM -  Aeroportos da Madeira, foram hoje cancelados 263 voos, até ao final do dia.

Lisboa foi o aeroporto mais afectado com 107 voos cancelados. Em Faro foram anulados 86 voos, no Porto 53, em Ponta Delgada 2 e na Madeira 15.

A ANA volta a aconselhar todos os passageiros a contactar "as companhias aéreas em que pretendem viajar ou as suas agências de viagem para conhecerem o estado dos seus voos antes de se dirigirem para os aeroportos".

Tópicos:

núvem de cinza, voos cancelados, vulcão Islândia, Cavaco Silva,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um estudo recente demonstra que pescar abaixo dos 600 metros de profundidade pode trazer graves problemas no ecossistema marinho.

    Milhares de migrantes procuram refúgio na Europa em fuga da guerra e da instabilidade no Médio Oriente e África.

      A rádio pública completou 80 anos. Assinalámos a data com cinco entrevistas e outras cinco reportagens.

        Tire uma fotografia, escreva um e-mail com nome, local e descrição e envie para ferias@rtp.pt.