Um morto e mais de 4 mil árvores derrubadas no balanço do mau tempo

| País
Um morto e mais de 4 mil árvores derrubadas no balanço do mau tempo

Uma pessoa morreu, em consequência do mau tempo, 10 ficaram feridas, duas com gravidade. É este o balanço feito até as 16 horas pela autoridade nacional de protecção civil. As autoridades registaram mais de seis mil ocorrências como revela Miguel Cruz, adjunto do comando nacional de protecção civil.

Entre as 08:00 de sexta-feira e as 16:00 de hoje, período abrangido pelo Estado de Alerta Especial, foram listadas 6.118 ocorrências.

A Proteção Civil contabilizou 4.117 árvores derrubadas, 1.262 quedas de estruturas, e 415 inundações.

Foram também registados 167 deslizamentos de terras ou desabamentos e 157 limpezas de vias em todo o pais.

A Proteção Civil colocou na sexta-feira em alerta laranja o dispositivo de operações de proteção e socorro em oito distritos de Portugal Continental (Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa e Setúbal) devido ao agravamento das condições meteorológicas.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o embaixador francês analisa o atual momento do país, os populismos, os emigrantes portugueses e o interesse francês em Portugal.

    A RTP agrupa as sondagens publicadas pela imprensa francesa, permitindo traçar tendências do eleitorado para as primeira e segunda voltas.

      A Associação Adeptos dos Sonhos faturava cerca de 2600 euros por dia, alegadamente para ajudar crianças carenciadas, mas 90% do dinheiro que recebia ia para uma empresa privada do namorado da presidente.

      Entrevista de D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima, à RTP.